Miss Universo 2011: candidatas caem no samba

Fonte: Portal Terra

Niguém poderia imaginar, mas as misses Panamá e Colômbia têm samba no pé. Nesta sexta-feira (26), as candidatas ao título de Miss Universo 2011 foram à quadra da escola de samba Rosas de Ouro, em São Paulo, e tiveram uma verdadeira aula de samba.
Para começar, tiveram uma pequena palestra sobre a escola, que foi fundada em 1971. "A Rosas de Ouro é comandada por uma mulher. Hoje é o dia das mulheres aqui", comemorava a presidente da agremiação, Angelina Basílio, com o apoio da animada Miss França, sentada na primeira fila.
Assim que a aula de Gisele Alves,princesa da escola, começou, a Miss Panamá roubou todos os olhares, com movimentos muito próximos aos que vemos durante o Carnaval. "Eu vim para o Brasil quando tinha dez anos, com meu pai e minha família. Fomos para Curitiba e eu aprendi a sambar. Meu pai costuma dizer que Deus é brasileiro e panamenho, claro. É ótimo estar de volta a um país que amo tanto", disse Sheldry Saez.
A Miss Colômbia, Catalina Robayo, também esbanjou rebolado ao som da bateria da escola, que estava desfalcada, contando apenas com alguns integrantes. Sambou, desceu até o chão e sorriu para todos os presentes. "O samba é muito parecido com a salsa. É uma dança muito sexy", opinou.
Já Priscila Machado, nossa Miss Brasil, foi totalmente ofuscada pela avalanche de mulheres bonitas e bem-humoradas que caíram no samba. Ficou na última fila de misses e não mostrou tanta intimidade com o ritmo brasileiro.
"Elas estão encantadas. Acharam que ia ser como no outro dia, quando fomos a uma roda de samba, uma coisa mais intimista. Não sabiam que ia ter tudo isso, passistas, baianas. Elas estão adorando. As meninas da Ásia estão muito bem. Não sabem muito bem os movimentos, mas estão sempre se mexendo", disse.
 
Dificuldades
 
Em geral, as candidatas tentaram rebolar e sambar como verdadeiras passistas, mas algumas não tiveram tanta sorte quando Colômbia, Aruba, Panamá, Bahamas e Argentina. A Miss Estados Unidos, Alyssa Campanella, enfrentou dificuldades com o ritmo.
"É minha primeira vez no Brasil. Ainda não sei sambar direito, mas quero muito aprender. Estou adorando. É incrível", disse a miss. Quem também se mostrou animada, foi Aferdita Dreshaj, de Kosovo, apesar da pouca familiaridade. "Eu nunca tinha dançado. É tudo muito sexy e eu gostei muito. Quando voltar para o meu país, vou ensinar todo mundo a sambar", contou.


Candidatas caem no samba no barracão da Rosas de Ouro

Candidatas "ensaiando"  com sambista da Rosas de Ouro


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares na semana

Tereza Laís Lima é a Miss Brasil Latina 2018

Miss Beleza Internacional 2017: Hot Picks #03 - Pre-Arrival

Elicena Andrada - Miss Espanha Latina - vence o Miss América Latina del Mundo 2017

Hoàng Thu Thảo - Miss Vietnã - vence o Miss Global Beauty Queen 2017

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972