Miss Grand International 2015: análise da final

Nesta semana assisti ao Miss Grand International 2015 pelo Youtube, pois no dia da final (domingo) não consegui, e confirmei algo que já imaginava: o concurso merece estar no Grand-Slam.
Vou fazer a análise por etapas:

Abertura

Muito bem coreografada e com música contagiante, a abertura me lembrou as dos Miss Universo 2007 e 2008. Foi excelente!

Anúncio do top 20

Ao estilo do Miss Universo, a chamada do top 20 foi muito boa. Alguns problemas com as câmeras impediram de vermos as reações das candidatas. Gostei da música também.

Desfile em traje de banho

Muito bom, com música perfeita, mas acredito que o uso de canga como acessório daria mais sensualidade para as candidatas.

Anúncio do top 10

Também ao estilo do Miss Universo, só não achei correto a presença de todas as candidatas do concurso no palco. Música excelente e câmeras meio perdidas ainda.

Desfile em traje de noite

Cenário, música e vestidos maravilhosos. Só achei o tempo do desfile muito curto para cada candidata.

Fala do top 10

Uma das partes mais importantes do concurso teve música perfeita (Heal the world - Michal Jackson) e falas sinceras das misses. Infelizmente a brasileira descumpriu a regra do concurso quando cantou, e não avançou ao top 05.
Vou fazer em breve uma postagem sobre a participação de Paula Gomes no concurso.

Anúncio do top 5

Emocionante, mas com problemas nas câmeras, que perdiam as reações das candidatas.

Pergunta final

A pergunta final foi aberta e tocou na intimidade das candidatas: "Quem foi a pessoa mais influente em sua vida". 
Destaco as respostas das misses Austrália e República Dominicana. A primeira elogiou a trajetória da Miss Grand International 2014 - Lees Garcia e a segunda falou sobre o pai, que através de violência sexual, lhe deu a vida.

Anúncio do resultado final

Emocionante, como nos melhores tempos do Miss Universo. Só acho que a música deveria ser menos dançante.

Público

Muito animado e participativo. Ainda não se ouve aquela "barulheira" dos latinos e filipinos como no Miss Universo, mas a empolgação é grande.

Considerações finais

O Miss Grand International veio para ficar e na minha opinião já é um concurso do Grand-Slam.
O concurso é claramente influenciado pelo Miss Universo, mas tem partes que já demonstram uma identidade e isso é ótimo.
Parabéns aos tailandeses e vida longa ao Miss Grand International!

Top 5 do Miss Grand International 2015

Momento do anúncio final

Número de abertura

Misses aguardando o anúncio do top 20

Top 20 de biquini

Desfile de despedida da MGI 2014 - Lees Garcia



Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Obrigado Kamilla Salgado!

Renata Fan, Miss Brasil 1999, faz 34 anos e recebe homenagem

Há 50 anos Ieda Maria Vargas era coroada Miss Universo 1963

Sabrina de Paiva - Miss São Paulo 2016 - participa de encontro com mulheres negras ativistas

Bruna Zanardo perde o título de Miss Terra Fogo 2016

Caroline Oliveira é a Miss Bahia 2017

Miss São Paulo 2017: polêmica sobre o resultado

Cristina Alves é a Miss Brasil Beleza Internacional 2013

Um Sonho de Miss: Adriana Alves de Oliveira