Resenha: Miss Terra 2015

Ontem, finalmente, assisti o concurso Miss Terra 2015. Até então só havia assistido trechos. Vamos as minhas impressões:

Local: Marx Halle - Viena - Áustria
Data: 05 de dezembro
Nº de candidatas: 86
Vencedora: Miss Filipinas - Angelia Ong

A 15ª edição do concurso Miss Terra trouxe como novidade o país sede, pois foi a primeira vez que o certame foi realizado na Europa e a segunda vez fora das Filipinas (país natal do concurso). Isso já foi um fator positivo pois desde de 2011 isso não ocorria.
O nº de candidatas se manteve na média das últimas edições, mostrando que o prestígio do certame se mantém.

Abertura

A abertura com um vídeo onde candidatas em traje tipico dizem mensagens com conteúdo ecológico é um acerto do concurso, mas juntar  isso à apresentações individuais e dança fez com que essa parte tivesse a duração de quase 20 minutos. É muito tempo!
As candidatas vestiam shorts vermelho e camisa branca e uma presilha muito bonita. Gostei!
Destaque para a participação da Miss Terra 2014 - Jamie Herrell, num lindo vestido branco.

Cenário

O uso de telões é com certeza o padrão para os grandes concurso no presente, pois dá um efeito muito bonito e deve ser bem mais barato do que montar estruturas, além de permitir uma maior quantidade de "cenários".

Apresentadores

O concurso foi apresentado pela treinadora de modelos e apresentadora Joey Mead King , pelo apresentador Oli Pettigrew e pela Miss Terra Áustria 2013 - Katia Vagner. Na minha opinião houve um excesso de informalidade e alegria por parte dos apresentadores. Mas no geral eles foram ok.

Anúncio do top 16

A parte técnica do Miss Terra melhorou e nessa edição foi possível acompanhar um pouco a reação das candidatas. Ainda não é como no Miss Universo, mas já melhorou muito. Nesse momento já é possível perceber a presença dos filipinos no lugar, tamanha a gritaria feita por eles ao ver sua representante ser chamada.

Desfile em traje de banho

Os biquínis eram lindos, mas poderiam ter uma variedade de cores e a trilha sonora funcionou.

Desfile em traje noite

Essa é parte que mais gosto nos concursos e no Miss Terra 2015 foi a melhor. Trajes muito bonitos e música de bom gosto.

Atrações musicais

Dois artistas locais entreteram um público que parecia não estar confortável ali. Pelo menos os que estavam na parte da frente estavam mais preocupados em beber, conversar e usar seus celulares.

Jurados

A única jurada conhecida do Mundo Miss foi a Miss Terra 2001 - Catharina Svensson, os demais eram personalidades ligadas ao mundo da moda, patrocinadores e empresários locais. Infelizmente isso acontece na maioria dos concursos e penso o que os qualifica a julgar esse tipo de competição.

Anúncio do top 08

Esta parte foi muito interessante, pois era perceptível a tensão das candidatas e, novamente, a gritaria dos filipinos tomou conta do local.

Perguntas finais

As 8 finalistas tinham em mãos um envelope com o nome do jurado que ia fazer a pergunta. O conteúdo deles era ligado à questões ecológicas e políticas.
As candidatas que não falavam inglês tiveram um tradutor à sua disposição, algo que, infelizmente, não aconteceu em 2014, prejudicando a representante do Brasil - Letícia Silva.

Anúncio do resultado

Seguiu o padrão dos últimos anos, com quatro finalistas sendo detentoras dos títulos de Miss Terra, Miss Terra-Ar, Miss Terra-Água e Miss Terra-Fogo.
Muita emoção por parte dos filipinos e aprovação das candidatas.

Considerações finais

Essa edição do Miss Terra foi uma das melhores, mas a duração do concurso foi muito longa. As conversas entre os desfiles dos apresentadores pareciam  mais uma enrolação do que algo programado. Gostei deles valorizarem a presença das detentoras dos título do ano passado e dos anos anteriores.
As imagens  das atividades externas do concurso mostraram a preocupação do mesmo com a causa ecológica e acho isso muito importante.
A produção deu um grande salto de qualidade se comparada as edições de 2012 e 2013, mas algumas arestas precisam ser aparadas ainda, como o roteiro que algumas vezes se mostrou falho.
A vitória da filipina Angelia Ong foi incontestável, pois ela foi perfeita em todas as etapas e a considero uma das mais belas detentoras do título nesses 15 anos de história.
A representante do Brasil - Thiessa Sickert -  estava belíssima e mereceu o 4º lugar.
O concurso Miss Terra ainda sofre resistências no Brasil por parte dos fãs do Mundo Miss, que normalmente discordam dos seus resultados. Acredito que muito não se dispõem a assistir o concurso e acabam falando sobre algo que não conhecem.
Eu acompanho o Miss Terra desde 2005 e percebo a evolução do concurso a cada ano, mas acho que algumas situações não deveriam ocorrer como a ausência de intérpretes e locais inapropriados para a final (como os de 2012 e 2013).
Muitos afirmam que o concurso não deveria ser classificado como sendo do Grand-Slam, mas eu discordo. O Miss Terra é um concurso grandioso e que defende de forma prática uma causa nobre, algo que outros "grandes" não o fazem.

Referências:

Site: www.pageantopolis.com
Site: www.wikipedia.org


Para mais informações acesse os sites acima.

                                          

Finalistas do Miss Terra 2015

Final resultsContestant
Miss Earth 2015
Miss Earth – Air 2015
Miss Earth – Water 2015
Miss Earth – Fire 2015
Top 8
Top 16

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares na semana

Elicena Andrada - Miss Espanha Latina - vence o Miss América Latina del Mundo 2017

Miss Mundo 2017: Hot Picks #01

Thainá Freitas - Miss São Paulo Latina 2018 - concorre ao título nacional hoje

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Laís Berté é a Miss Brasil Hispano-Americana 2017

Miss Universo 2017: Hot Picks #01