Análise do Miss Brasil 2015

Como eu havia prometido, segue as minhas impressões sobre o Miss Brasil 2015.
O concurso foi realizado no Citibank Hall na capital paulista na noite da última quarta-feira, dia 18 de novembro.

Abertura: nota 5

Gostei bastante do vídeo mostrando as misses em seus espaços pessoais, pois humanizou o concurso.
A música Worth It da banda Fifty Harmony é boa, mas há outras bem melhores.
A coreografia foi desnecessariamente burocrática e com algumas trombadas, devido ao curto tempo de ensaio.
O figurino não padronizado e escuro não me agradou.
Obs: é um absurdo que as candidatas não se apresentem para o público. É falta de respeito e consideração com a candidata e sua torcida.

Top 15 e desfile em traje de noite: nota 7

Gostei do top 15 e acertei 13 candidatas. Não acho que a Miss Minas Gerais tenha sido realmente a vencedora do voto do público. Acredito que as mais votadas estavam entre as 14 e ela era a próxima da lista.
Os vídeos do top 15 são muito bons para o público conhecer um pouco mais da candidata, desde que ela seja identificada, o que infelizmente não acontece.
Os trajes de noite, confeccionados pelo estilista mineiro Alexandre Dutra, foram corretos, mas repetitivos. Parecia uma reciclagem do Miss São Paulo 2015.
A música da dupla Crossover combinou com o desfile. Só não acho correto a permanência das não classificadas como figurantes. Novamente desrespeito

Top 10 e desfile em trajes de banho: nota 8

O top 10 também foi correto, mas descordo da inclusão de Minas Gerais. No lugar dela poderiam estar Distrito Federal ou Rio de Janeiro.
A fusão de música eletrônica com a bateria da escola de samba Peróla Negra foi inusitada e funcionou no desfile. Os biquínis eram lindos e a capa foi um complemento perfeito.
O tradicional desfile de maiô foi desnecessário, pois segundos depois o top 5 foi anunciado. Os maiôs eram lindos.

Top 5 e pergunta final: nota 8

O top 5 foi perfeito e as entrevistas foram boas, com destaque para a Miss Mato Grosso, que na minha opinião foi a melhor.

Top 3 e vencedora: nota 8

O top 3 provavelmente não considerou a resposta à pegunta final, pois Mato Grosso e Rio Grande do Norte foram melhores que São Paulo e Santa Catarina.
A vencedora foi realmente a melhor escolha pela regularidade apresentada durante todo o concurso, inclusive no confinamento.
Marthina Brandt é uma mulher linda, preparada e focada. O Rio Grande do Sul mereceu seu 13º título.

Apresentadores: nota 9

Mariana Weickert e Cássio Reis foram corretos e animados. Gostei!

Juri: nota 7

A maioria dos jurados estava visivelmente desconfortável de estar ali, mas foram coerentes nas maioria dos tops.

Cenário e iluminação: Nota 7

O cenário estava correto e a iluminação também, mas seria bom algumas mudanças entre os desfiles. Quem sabe em 2016!

Despedida de Melissa Gurgel: Nota 7

A Miss Brasil 2014 estava, como sempre, transbordando carisma, mas seu vestido não era muito bonito e parecia o usado pela Miss Venezuela no Miss Universo 2012. Os brincos, enormes, deixaram o visual da cearense carregado. Faltou a fala de despedida.

Considerações finais:

No geral o concurso foi bom, mas algumas arestas precisam ser aparadas para 2016. Fico feliz que o concurso pode ser realizado, pois a possibilidade da não realização era real.
Que venha 2016!

Média final: 6,5


Marthina Brandt - Miss Brasil 2015



Comentários

  1. De modo geral gostei do concurso, só fiquei com pena da minha conterrânea pelo vestido que fizeram pra ela. Como comentei com o Evandro, do Blog Misses na Passarela, dá a impressão que ela estava indo pra um velório chique. Por isso concordo que se as misses levassem seus trajes de gala não ficaria tão padronizado do jeito que ficou. Marthina é a 13ª ou 15ª Miss Rio Grande do Sul eleita Miss Brasil?

    ResponderExcluir
  2. Oi Vera!
    Considerando o Miss Brasil a partir de 1954, é o 13º título do Rio Grande do Sul.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares na semana

Miss Brasil 2017: top 15 do desfile para o juri técnico

Miss Brasil 2017: top 15 final do blog

Stephany Pim é a Miss Espírito Santo 2017

Nathália Lago é a Miss Roraima 2017

Jéssica Porto é a Miss Minas Gerais 2017

Caroline Oliveira é a Miss Bahia 2017

Emanuelle Costa é a Miss Brasil Continentes Unidos 2017

Obrigado Raissa Santana - Miss Brasil 2016!

Gabrielle Vilela é a Miss Brasil Mundo 2017